20.12.06

Brilhantes e desconhecidos...

Há poucos anos a indústria cinematrográfica começou a a enxergar as séries como obras de valor absurdo e necessário. Este ano, bem mais de 100 séries passaram pelos canais a cabo, mas poucas ganharam status. Muitos filmes também possuem a "maldição da falta de marketing", por mais que sejam obras-primas acabam passando despercebidos pelas pessoas.Filmes e séries do genêro "drama erótico" são os mais atingidos. Muita gente confundi drama erótico com filme porno, o que é bem diferente.Geralmente estes dramas mostram uma visão nua e crua do real, uma visão tão próxima da realidade que chega assustar os chamados "pais de familias e moças de respeito". Sempre fui amante do genero drama, ultimamente estou descobrindo em alguns filmes e séries mais eróticos, que são os mais fiéis opostos da ficção cientifica. Bem além de corpo e sexo. Possuem enredos de pirar o cabeção, com pitadas violentas de problemas envolvendo amizade, família e rotina, a famosa e cruel rotina, que na minha visão, é a principal culpada dos fins de casamento, namoro e amizades.Os "despercebidos" geralmente acabam recebendo Globo de Ouro, e talvez até Oscar, mas muitos nem chegam ao cinema, ou chegam apenas em alguns lugares.Abaixo estão algumas séries e filmes de temas quase semelhantes, que passam, passaram ou passaram despercebidos.

1) Pecados Íntimos (Little Children)

"A história de pais frustrados que levam duas vidas: de dia, cuidam dos filhos para torná-los crianças perfeitas; à noite, navegam em sites pornográficos, vivem casos com outras pessoas e fazem coisas que ninguém desconfia."
O filme chega em alguns cinemas em 19 de Janeiro, e conta com Kate Winslet, Patrick Wilson e Jennifer Connelly. Já foi indicado para alguns prêmios...Ah, censura 18 anos!!!!!

2) Os assumidos (Queer as folk)
"A série americana entitulada “Os Assumidos”, no Brasil é uma verdadeira celebração da vida em suas diferentes formas. Em meio à diferenças, descobrimos coincidências que nos torna mais humanos.A série mostra as relações, as carreiras, os amores e as ambições de um grupo de homens homossexuais e lésbicas que residem em Pittsburgh. Esta série de forte dramatismo, encanto e humor apresenta uma descrição comovente, realista e gráfica da sociedade."
A série é considerada gay para muitos, repleta de cenas bem explicitas sem nenhuma restrição. Já li várias coisas sobre ela e percebi que é uma grande série sobre as dúvidas e os vários caminhos da vida tanto para homo como para heteros. Encerrou com a quinta temporada de forma adorada pelos fãs.

3) A sete palmos (Six Feet Under)

"Nathaniel Fisher, o patriarca da família, morre em um acidente de carro na véspera de natal. Na mesma noite, Nate, o filho mais velho, está voltando para casa. Além de precisar encarar a morte do pai, Nate terá que aprender a lidar com uma mãe submissa, um irmão mais novo que sempre trabalhou ao lado do pai e sua irmã caçula, uma adolescente em fase de rebeldia. "
Esta é uma série pouco mais conhecida, também trata de assuntos como família, sexualidade e etc...
4) E sua mãe também ( Y tu mama tambien)
"Durante uma tarde festiva, dois jovens de 17 anos convidam uma mulher mais velha para uma viagem à praia. Após uma recusa inicial ela decide ir com os dois, sem saber que eles não conhecem o caminho e nem mesmo se a praia realmente existe. Ao decorrer da viagem amizades fortes são abaladas pela força do prazer sexual que todos se veem envolvidos."
O filme é indispensável, discute sobre os obstáculos que grandes amizades acabam encontrando quando menos esperam. O filme é repleto de cenas de sexo, cenas explicítas, mas que retratam a vida dos jovens, bagunçada, confusa e cheia dos desejos jamais ditos....

5 comentários:

Nathalia*** disse...

Hum, são tantas as coisas que são realmente muito boas e que passam despercebidas.
Dos que vc mostrou ai os unicos que eu cheguei a ver foram "E tua mãe também" e "A sete palmos", ambos muito bons
Bjs***

Miss Supahstah disse...

Boa lista, vamo aproveitar as férias, hehehe!

Mari disse...

Concordo com vc. Principalmente os filme intitulados como "estrangeiros", sao tao bons, que por falta de marketing pouca gente toma conhecimento deles.
Na serie naqual comentei la no fotolog:Rome; acretido entao que irá gostar muito, pq além de ser fatos históricos eles encaxaram (ou ch?) romances calientes que na epoca tinha se muito, o tal 'ninguém é de ninguém'.

Beijos pra ti.

Kelnner disse...

Opa meu velho, ehehehehe... bem, fuderoso Little Children, estou muitíssimo curioso inclusive com a atuação de Kate Winslet que vem sendo bastante elogiada... Queer As Folk eu ainda não conferi, assisti uns poucos episódios, mas gostei do tratamento da série e da temática, outra série muito boa, na mesma balada, é The L Word... vale demais a pena. À Sete Palmos é o melhor exemplo de série fuderosa que eu, simplesmente, não consigo assistir... é perfeita, mas eu não consigo acompanhar... bem, quem sabe qdo eu comprar os dvds... E por último a obra prima de Afonso Cuarón... pra mim esse é o melhor histórico de um ritual de passagem da adolescência... o final, e a falta de maturidade ao lidar com o ocorrido nele por parte dos protagonistas, é simplesmente fenomenal... uma descrição verossímel de comportamento, auto-aceitação e negação de si mesmo, e os desejos e transformações de sentimentos envolvidos no pacote. Um filmaço...

Abraços meu bom!!!!

Lucas disse...

Já assisti esse filme e gostei até, e apesar da idéia ser bem infantil traz uma outra mensagem, que é que o mundo precisa de idealistas, talvez seja o que ele mais precise atualmente.