5.8.07

Mr. Mestre - Quentin Tarantino

História: Tarantino nasceu no Tennessee. Seus pais eram Tony Tarantino, ator e músico de ascendência italiana, e Connie McHugh, descendente de irlandeses e índios Cherokees. Logo após o nascimento de Quentin Tarantino, sua mãe casou-se com o músico Curt Zastoupil, com quem Tarantino mais tarde viria a formar fortes laços afetivos. Tarantino iniciou seus estudos na região de San Gabriel Valley, em 1968. Em 1971, sua família mudou-se para El Segundo, ao sul de Los Angeles, onde passou a freqüentar a Hawthorne Christian School. Ao sair da Narbonne High School, em Harbor City, Califórnia, aos 16 anos, iniciou os estudos em atuação na James Best Theatre Company. Aos 22 anos escreveu seu primeiro roteiro, Captain Peachfuzz and the Anchovy Bandit. Em 1984, Tarantino começou a trabalhar como balconista na Video Archives, uma famosa locadora de filmes em Manhattan Beach; lá se tornou amigo de Roger Avary, um colega de trabalho com quem mais tarde viria a colaborar em Pulp Fiction. Ele continuou seus estudos em atuação na Allen Garfield's Actors' Shelter, em Beverly Hills, mas passou a se dedicar principalmente a escrever roteiros.

Perfil: Os filmes de Tarantino são conhecidos por seus diálogos afiados, cronologia fragmentada e sua obsessão pela cultura pop. Ele é o mais famoso dos jovens diretores por trás da revolução de filmes independentes dos anos 90, tornando-se conhecido pela sua verborragia, seu conhecimento enciclopédico de filmes, tanto populares, quanto os considerados "cinema de arte".

Filmografia:
Cães de Aluguel (1992)
Pulp Fiction (1994)
Jackie Brown (1997)
Kill Bill – Vol.1(2003)
Kill Bill – Vol.2(2004)
Grindhouse(2007)

Três pérolas do Mr. Mestre Quentin Tarantino:

Reservoir Dogs

Tarantino inicia sua filmografia em ótima forma! Cães de Aluguel (1992) é a sua estréia na direção, um filme independente que foi co-produzida pelo ator Harvey Keitel, que também atuou no filme. Para levantar fundos para a produção do filme, Tarantino vende dois roteiros seus: Amor à Queima-Roupa (1993) e Assassinos por Natureza (1994).
Cães de Aluguel pode ser considerado tranqüilamente a identidade do cineasta: “Violência, humor e música”. São fatores marcantes na sua filmografia e que até hoje são usados em suas obras cinematográficas. Não apenas usados, mas explorados insanamente a fim do inusitado entretenimento de estilo e inteligência. O conceito de clichês não existe na mente do cineasta, Cães de Aluguel tem uma premissa muito comum e fácil de se vitimar em clichês, mas Tarantino inova com suas cenas mirabolantes e originais.
É isso que vemos no filme, caras engravatados e vestidos pra matar ao som dos hits dos anos 70 e com direito a piadinhas e discussões sobre Madona e derivados nas horas vagas. Fiquem tranqüilos, a parte da Madona é irrelevante! Mas os hits são de pirar o cabeção...na verdade, tudo com o estilo e imaginação de Tarantino se torna eficaz!
Um cinema do submundo mental!

Pulp Fiction

Violência e criminalidade se tornam a arte na tela! Tarantino novamente mostra que tem originalidade em exibir coisas simples de forma memorável. O marcante é a forma que ele conta a história utilizando elementos essenciais: interpretações, estilo e música!
Um dos filmes mais importantes da década de 90 que ainda conquistou o Oscar de Melhor Roteiro Original e algumas outras indicações. Um clássico (apesar de não ser o meu preferido do Tarantino)!


Kill Bill

Diversão e originalidade pura!
A melhor história de vingança do cinema...
Novamente os mesmos elementos a La Tarantino entram em cena dispostos a criar drama, ação e humor inteligente. O bizarro e o exagero remete ao mundo dos gibis e mangas e dão ao filme estilo e beleza visual.
Um filme imperdível para quem gosta de muita porrada bem aproveitada e toques de sarcasmo vingativo!

Repescagem! ( Disputa entre quatro diretores onde será escolhidos os dois mais votados para os próximos Mr. Mestre)

Enquete: Quais os dois próximos diretores que vocês querem ver no Mr. Mestre?

a)Alejandro González-Iñárritu

b)Gus Van Sant

c)Bernardo Bertolucci

d)Pedro Almodóvar

14 comentários:

Rafael Carvalho disse...

Tarantino é o cara. Ainda lembro da impressão que tive ao assistir Pulp Fiction, fiquei estarrecido. Pra mim, ele é um dos maiores diretores da atualidade, sem exagero. Cães de Aluguel é uma estréia e tanto, é impressionante como ele consegue criar uma história original e cheia de estilo sem cair no lugar comum. Já Kill Bill é uma overdose de talento, magistral do começo ao fim. Jackie Brown ainda não vi e mal posso esperar pra conferir Grindhouse.

A idéia da respecagem no Mr. Mestre foi legal. Gosto de todos aqueles diretores, mas o Bertolucci e Almodóvar são os mais pocados pra mim. Valeu Wiliam, abração!!!

jamagonça disse...

Ótima escolha, ótimo post. Tarantino é o cara, sim.
Grande abraço.

Otavio Almeida disse...

Tarantino é o diretor mais influente da década de 90! E com KILL BILL, ele entrou com o pé direito nesta década!

Abs!

Ronald Perrone disse...

Tarantino é muito bom! Ele só não pode demorar tanto pra fazer seus filmes....

wilson disse...

Só mesmo Tarantino para abrir um filme policial com um monólogo sobre Madonna e fazer dele um dos melhores policiais de todos os tempos!

contra-regra disse...

O atual pai da exploitation cinematográfica. Como disse o Rafael, ele é o cara! Sempre se espera tudo dele. Do possível ao inimaginável. E ele sempre dá conta do recado com aquele jeito particular! Já dá pra sentir como está minha euforia para ver Grind House? (É... eu ainda não consegui ver em DVI!). Um próximo Mr. Mestre sobre Gus Van Sant seria interessante. Ele é "outro" cara! Abraços, William.

(http://cave.zip.net): Balanço de Julho.

Meus Outros Blogs:

http://fotovoyeur.zip.net
(fotografias comentadas).
http://houseagency.blogspot.com
(O mundo da comunicação na rede).

Wally disse...

Tarantino é foda!

Mas eu não sou a melhor pessoa para dizer isso, afinal só vi a saga da noiva e Pulp Fiction, mas ambos merecem 5 estrelas, por serem tão impecáveis e divertidos. Amo o modo dele de dirigir, de escrever, seus diálogos, seus personagens, sua montagem, sua trilha, tudo perfeito.

Foda é pouco, merecia ter ganho o Oscar em 94, sorry Forrest, mas Pulp Fiction é melhor.

Marcus Vinícius disse...

A melhor estréia na direção é desse cara, pelo menos pra mim. Começar com um "Cães de Aluguel"... putz, é porque o cara é bom mesmo.
Té mais!

Gustavo H.R. disse...

A história de formação cinéfila de Tarantino, da locadora, já é clássica. Não é à toa que seus filmes são qualhados de citações a diversos outros filmes, algo que aliás pode ser incluído dentro do conceito de cultura pop. CÃES DE ALUGUEL e KILL BILL VOL. 2 são divertidos, usando clichês ao mesmo tempo que os torna originais ao nossos olhos.
E que venha INGLORIOUS BASTARDS!

Enquete: Almodóvar e Bertolucci.

Vinícius P. disse...

Sem dúvida um grande diretor!
Meu filme preferido dele é "Pulp Fiction" (aliás, ocupa a 9ª posição dos melhores filmes que vi em todos os tempos). Em seguida vem "Kill Bill", especialmente o primeiro, dos filmes mais divertidos que já vi.

Para o próximo Mr. Mestre fico com o Gus Van Sant!

Abraço!
Vinícius P.

Johnny Strangelove disse...

Vou ser sincero com vc ...
Tarantino é um dos diretores mais importantes de Hollywood, ele faz com coisas que antigamente nós menosprezamos se torne algo maravilhoso e fantastico.

Mestre, eu não considero ... ainda ...
mas o melhor filme dele por enquanto ainda é Pulp Fiction e Jackie Brown ... Kill Bill já foi ultrapassado em um piscar de olhos ...

e como proximo mestre ...
Bertolucci é o melhor da lista ...
ainda não coloco fé em Alejandro ...

abraços

Alex Gonçalves disse...

Tarantino é um dos meus cineastas prediletos, um dos poucos que tem habilidade em conduzir filmes de ação de verdade ("Kill Bill Vol. I" é o meu filme do gênero predileto, além de estar relacionado ao meu top dez dos melhores de todos os tempos). Outro filme que adoro do cineasta é "Jackie Brown", que não recebeu muitos elogios na época de seu lançamento. Deve ganhar mais credibilidade num futuro próximo.
Enquete: Gus Van Sant e Pedro Almodóvar.

Otavio Almeida disse...

William (e pessoal),
Não sei se vc viu meu comentário no seu blog, mas precisamos começar a organizar o prêmio dos blogs. Lembra do PIPOCA COM MANTEIGA, do blogueiro Victor Nassar? Ele sumiu, não? Mas acho que não podemos deixar a bola cair. O nome era MOVIE BLOGGERS AWARDS: http://hollywoodiano.blogspot.com/search?q=Bloggers+Awards.

Comecei a falar disso com vcnuma outra época. Gostaria de saber quem topa participar. É só ter um blog de cinema e mandar um e-mail para mim: ottavioalmeida@hotmail.com

A idéia é fazer um prêmio somente nosso com categorias semelhantes ao Oscar: MELHOR FILME, DIRETOR, ATOR, ATRIZ, etc.

No e-mail que vcs vão me mandar é só colocar o seu nome (e o do respectivo blog) e escolher um dos nomes abaixo para o nosso prêmio:

- Associação dos Blogs de Cinema e TV
- Sindicato dos Blogs de Cinema e TV
- Associação dos Blogueiros Cinéfilos
- Sindicato dos Blogueiros Cinéfilos
- Ou, claro, “2º Movie Bloggers Awards”

Óbvio: vcs podem enviar sugestões de nomes. A edição anterior contou com votos de 17 blogueiros. A idéia é organizar as categorias para votação de filmes e séries de TV exibidos no Brasil de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2007. A divulgação da lista de vencedores sai no primeiro domingo de 2008: 06 de janeiro.

Ou vcs gostariam de considerar os filmes do Oscar? Podemos considerar os filmes exibidos no Brasil de 1º de março de 2007 (sexta após o Oscar) a 22 de fevereiro de 2008 (última sexta antes do Oscar)? Mas neste caso, a divulgação seria no dia 22 de fevereiro de 2008. Ok?

No e-mail, por favor, mandem:

- Seu nome
- O nome do seu blog
- Sugestão do nome do prêmio (ESTE ITEM, EU ACEITO ATÉ 17 DE AGOSTO)
- Sugestão de datas

Abs! E vamos nos falando!

Otavio Almeida (www.hollywoodiano.blogspot.com)

Mari disse...

Adoro Quentin.
Mas faltou um filme dele o Grande Hotel, ou foi so uma produção?!?
Beijos