23.5.07

...jovem estilhaço - "Ódiquê?"

Ao lado do grande blockbuster “Homem-Aranha 3”, o premiado nacional “Ódiquê?” tem estréia em poucas salas de cinema e com baixa atenção devido a febre pelo aracnídeo que focou o mês de Maio! A violência, marginalidade e o instantâneo distúrbio jovem é o foco de “Ódiquê?”. Confira a sinopse a seguir.
“Três amigos de classe media precisam arrumar dinheiro para passar o carnaval na Bahia. Com a ajuda de um amigo de classe alta eles acabam se envolvendo em uma noite de roubo e seqüestro em uma trama eletrizante. Desse momento em diante desenha-se para o mundo um fascinante e perigoso rascunho do comportamento dos jovens cariocas que caminham assustadoramente tranqüilos no limite entre a malandragem e a marginalidade.”

Com a direção do estreante carioca Felipe Joffily, a trama reproduz com fidelidade a identidade do jovem brasileiro, agindo e consentindo uma realidade de estranheza social, muitas vezes refletindo em uma rebeldia sem causa explícita! O filme encharcado por uma narrativa jovial, viva e sem compromisso propõe exibir apenas o fato, cabendo a nós o lado critico da questão e o exercício de entender os motivos do que está sendo exibido. “Ódiquê?” tem ritmo delirante e explosivo que certamente lembrará filmes como “Amores Brutos”, “Laranja Mecânica”. O filme recebeu premiações nos setores: “Melhor diretor” e “Melhor filme” no Festival Internacional de Cinema de Nova Iorque.
Infelizmente como eu já disse anteriormente o filme teve estréia em poucos lugares. Logo que estrear por aqui eu irei conferir esta promessa nacional e posteriormente farei a minha crítica aqui no blog. Enquanto isso, o jeito é se conformar apenas com o trailer:
"Ódiquê?"

Comentário extra – Laranja Mecânica
Uma porrada cinematográfica! O filme não põe em questão tanto a critica, mas pelo contrário, expõe o fato delinqüente para ser visto em plena náusea! A trilha sonora é maravilhosamente perturbadora e estimulante, o jeito bizarro e real incomoda e logo a sensação de choque se aloja. Qualquer um fica confuso com os lados apresentados: sociedade cruel tratando o seu filho cruel! Que lado defender? O que é certo e o que é errado? Afinal, é preciso criticas? Afirmo com toda certeza, este comentário extra é algo jogado fora, é irracional "Laranja Mecânica" ser explicado e exposto, mas aqui esta a minha tentativa! Com certeza, Kubrick estava possuído pelo orgasmo de um porco viciado na arte de exibir...um marco no cinema!

7 comentários:

Ronald Perrone disse...

Não conhecia esse filme do Joffily... quanto a Laranja, concordo plenamente!

Andressa Cangussú disse...

Olá!!!!

Desculpa pelo sumiço...nem sei se deu pra notar, mas tudo bem uhauahuah

Então, gostei da sinopse do "ódiquê", mas curti, fiquei curiosa.
Laranja mecância trai a todos que tentam explicá-lo. Não há palavras que bastem, não há pensamentos que alcancem, desista enquanto é tempo! huahahhau

Beijos

Vinícius P. disse...

"Laranja" é mesmo muito bom, mas faz tanto tempo que vi que de pouco me recordo. Quanto ao filme do Jofilly, apesar da grande expectativa para esse lançamento, a maior parte da crítica não gostou - mas vou conferir se chegar aos cinemas daqui, o que acho difícil.

Até mais!

mari disse...

Infelizmente filmes brazucas tem pouco destaque e interesse das massas, ainda vemos comentários de pessoas que nao suportam ver filme nacional.

Beijos

Túlio Moreira disse...

Wiliam, tô meio desempolgado com cinema brasileiro depois de "O Cheiro do Ralo" e "Baixio das Bestas", mas conferiria numa boa esse "Odiquê?" (experimentar não custa nada, né?)

Quanto a "Laranja Mecânica", definiu muito bem! "Uma porrada cinematográfica!", um soco certeiro no estômago de um dos maiores gênios da cultura humana de todos os tempos.

abs e bom fim de semana!

Marco disse...

Ainda não estreou aqui em Brasília (e se chegou, foi uma estréia pouco badalada, mesmo). Mas me parece interessante. Depois confiro e te digo o que achei.

PS- Adorei a crítica de Laranja Mecânica ;)

Luana Yara disse...

wiliam... curti muito o post sobre esse filme, infelizmente o cinema brasileiro é muito pouco reconhecido e requisitado pelos próprios brasileiros, mas tá aí uma boa dica.... E se tiver alguma coisa em comum com "Laranja Mecânica", que pelos seus comentários, é um filme extraordinário... tenho certeza que "Ódiquê?" também é excelente.

bjusss